quinta-feira, 14 de maio de 2009

Proposta do PontoRádioCom

Cinema

Foto: Roger Peres

No último sábado (09), foi realizada a primeira sessão de cinema promovida pelo núcleo de arte e cultura da RádioCom. O local escolhido foi Sindicato dos Bancários, mas para saber onde seria veiculado o filme e a que horas começaria a sessão, os interessados tiveram que acessar a internet. Tanto pelo e-mail, quanto por meio do blog da RádioCom, os interessados puderam descobrir como se daria a atividade. Com um público acima do esperado, os organizadores já pensam em realizar uma nova sessão ainda este mês, seguindo os mesmos moldes da primeira.

O Filme: Com a direção e produção do polonês Krzysztof Kieloswsk, realizado num momento em que a lei marcial ainda vigorava na Polônia, "Przypadek" (1983) - seguindo as demonstrações do movimento cultural solidário daquele momento - foi censurado durante cinco anos. Um personagem, três possibilidades, vários desfechos, e muito realismo, ironia e magia cinematográfica.

Fonte:
linha-dos-nodos.blogspot.com

O que é o projeto?
É um projeto que tem como foco promover a cultura contra-hegemônica e criar espaços virtuais de cinema. Além disso, a ideia é incorporar movimentações artísticas em espaços já existentes, em lugares aleatórios que ofereçam a oportunidade de ver um filme fora do circuito comercial.

Segundo Guy Debor, “As relações entre os homens já não são mediadas apenas pelas coisas, mas diretamente pelas imagens e superficialidade”.

Na foto: Glênio Ríssio, Tiago Al-Alan e Jorge Martins começam os preparativos para a atividade no Sindicato dos Bancários

2 comentários:

Jairo Sanguiné disse...

Mesmo sendo boicotado pela tecnologia moderna avançada do terceiro milêmio, não desisto. Volto para parabenizar todo esse povo que busca novas formas de comunicação, com conteúdo de qualidade para mexer com as mentes tão adormecidas de nosso povo. Valeu gurizada pela iniciativa, e contem comigo nem que seja pra dizer: "sigam em frente". Abraços aos idealizadores e seguidores.
Jairo Sanguiné

Margareth disse...

Gente, que projeto lindo! Concordo com o que o Jairo colocou no comentário dele e também me coloco à disposição para auxiliar no que for possível! É muito bom saber que ainda existem pessoas preocupadas em despertar a reflexão social.Parabéns!